Buscar
  • Associação Holandesa

Museu da História da Imigração Holandesa em NMT -Confira o resultado da pesquisa feita com os sócios

ASSOCIAÇÃO HOLANDESA DIVULGA RESULTADO DE PESQUISA FEITA ENTRE OS SÓCIOS SOBRE A CRIAÇÃO DE MUSEU DA HISTÓRIA DA IMIGRAÇÃO HOLANDESA EM NÃO-ME-TOQUE


Temos como conceito que um Museu é um espaço que concentra um acervo fonte de conhecimento, mas também um meio para conhecer a história, cultura, civilização, religião, arte e arquitetura de um povo ou um momento histórico.


A função primária de um museus é contar a história do homem e como a sociedade evoluiu em seu ambiente ao logo dos anos.


Com esta preocupação foram instituídos museus sobre a imigração em diversas cidades colonizadas por holandeses como Holambra, Castrolanda e Campos de Holambra.


Assim, estimulada por pioneiros da imigração holandesa em Não-Me-Toque, a Associação realizou no ano de 2021, uma pesquisa digital entre os seus sócios sobre as possibilidades de criação de um Museu Físico, Exposição Temporária ou Museu Virtual.


A pesquisa teve uma adesão de 56 pessoas, deste número um percentual de 91,1% considerou interessante a existência de um Museu relacionado à imigração holandesa. Sobre possuir objetos relacionados com a imigração, 67,9% informaram que possuem e 32,1% não.


A pesquisa disponibilizou a opção por três possibilidades de Museu: Físico, Exposição Temporária ou Museu Virtual. Para esta questão uma média de 30% afirmou que poderia ajudar com trabalho voluntário; em torno de 15% se mostraram a favor de alguma forma de museu mas não se dispõe a ajudar; enquanto que 25% se colocaram à disposição para ajudar com os custos.


Quando questionado sobre doação ou empréstimo de objetos da família para o Museu, somente 12% (7 pessoas) doariam, sendo que 39,9% emprestariam para uma Exposição Temporária ou Museus Virtual, pois têm certeza que receberão os objetos de volta.

Assim, na opinião dos Associados a preferência é : 1º Lugar - Museus Virtual; 2º Lugar - Exposição Temporária, e 3º Lugar – Museu Físico.


Sobre o perfil dos participantes da pesquisa: 56 pessoas - 71,4 % são do sexo feminino e 28,6% do sexo masculino. Quanto à idade: 64,3% entre 41 – 65 anos; 25% entre 26 e 40 anos; 7,1% entre 18 e 25 anos, e restante entre 66 anos ou mais. Destes 56 participantes,⁰ 60,7% residem em Não-Me-Toque e 39,3% em outras cidades.


Esta pesquisa confirma a vontade de preservar a história, mas seguir a evolução.


O papel social dos museus continua sendo a conservação da riqueza cultural de um povo para que gerações futuras possam ter acesso direito a este material, com possibilidades de utilizar recursos mais modernos e adaptados à atual dinâmica tecnológica.


Com esta interpretação, futuramente, a Associação dará continuidade a projetos direcionados à preservação da história da imigração holandesa em Não-Me-Toque.



Teodora Berta Souilljee Lütkemeyer




37 visualizações0 comentário