Buscar
  • Associação Holandesa

IMAGEM DE NOSSA SRª APARECIDA NA CAPELA EM BERG EN DAL/NEDERLAND – TESTEMUNHA SILENCIOSA DO PASSADO

Na terça-feira, 14 de setembro, a Presidente Teodora B. S. Lütkemeyer esteve em Berg en Dal (perto de Nijmegen) Nederland, numa reunião com a empresária independente em antropologia e história oral Renate Stapelbroek e o Sr. Louis Hooghiemstra, represtante da Fundação Katholieke Emigratie Centrale (Fundação Católica Central para a Emigração).


Renate Stapelbroek em sua dissertação em andamento, investiga como descendentes de emigrantes holandeses do Brasil lidam com seu passado e Louis Hooghiemstra, tem interesse em conhecer os resultados do trabalho da Fundação que está em extinção, mas que foi fundamental após a segunda guerra mundial, quando a imigração foi estimulada.


Em seguida, o grupo fez uma breve visita à capela próxima ao extinto Volkshogeschool - Catholic Folk High School (colégio popular católico) em Berg en Dal, onde cursos para emigrantes foram dados após a guerra. Na parede externa da capela em um armário, está uma estátua de Nossa Senhora Aparecida.


Conforme relata Renate em sua pesquisa disponivel seu site www.renatestapelbroek.nl

“Em 1955, o bispo da emigração holandesa Hanssen é um dos muitos peregrinos. Ele visitou o assentamento agrícola holandês próximo de Holambra. Pouco antes de sua viagem de volta, Hanssen recebe uma estátua de Nossa Senhora do Brasil em nome da comunidade migrante. A lembrança é um agradecimento pelo apoio espiritual que o bispo tem prestado aos emigrantes desde o difícil início do povoamento em 1948. Após a morte de Hanssen em 1958, a estátua de Maria muda de seu escritório em Roermond para o Volkshogeschool (colégio popular católico) em Berg en Dal. Nos anos do pós-guerra, muitos filhos e filhas de fazendeiros foram preparados aqui para uma nova vida em países de emigração como Austrália, Canadá, Nova Zelândia e Brasil. Foi colocado fora num armário de parede da capela em 10 de novembro de 1958, num belo dia de outono, num ato solene com a presença do presidente da Cooperativa Holambra, o embaixador do Brasil na Holanda, Monsenhor Bekkers e outros altos oficiais.”

“Esta imagem de Nossa Senhora da Aperecida é testemunha silenciosa, que zela pelo passado compartilhado do Brasil e da Holanda. Um pedaço de patrimônio cultural compartilhado escondido na paisagem de Gelderland.”



88 visualizações0 comentário